Últimos dias para enviar um artigo para a Criação & Crítica!

A chamada fecha neste sábado, 28 de Fevereiro. Todos os textos devem ser enviados pelo sistema: http://revistas.usp.br/criacaoecritica

Chamada: Revista Criação & Crítica nº 14

barthes.com.barthes

Em seu último curso no Collège de France Barthes declara que a escrita é “uma aventura, a própria dialética de uma conjunção amorosa, em que cada um vai deformar o outro por amor” (A Preparação do Romance vol. 2, p. 19). Leitura e escrita nunca se desassociaram em sua obra. Eis a verdadeira relação amorosa: a força da primeira é a emergência da segunda. Leitor dos autores clássicos franceses e de alguns de seus contemporâneos diretos, sua escrita é sempre a afirmação da existência de uma relação com a obra lida ou ainda a tentativa de uma obra nova inspirada por uma obra lida.
São os caminhos amorosos, as leituras cruzadas, os encontros, os diálogos o que gostaríamos de pensar para celebrarmos o centenário de nascimento de Roland Barthes. Uma celebração “… aos mais que amigos”, de algum modo, e segundo a discreta fórmula do Roland Barthes por Roland Barthes. Para celebrarmos Roland Barthes convocarmos então aqueles através dos quais Barthes pensou sua escrita ou, inversamente, aqueles que pensaram suas escritas através de Barthes. Diálogos reais ou imaginários, desejamos pensar com Barthes, desejamos ver Barthes em relação. Estamos interessados por artigos que contemplem os “contemporâneos” eleitos por Barthes (Gide, Sartre, Camus, Brecht, Michelet, Robbe-Grillet, Severo Sarduy, Philippe Sollers, Flaubert, Sade, Proust, Stendhal, etc,); também gostaríamos de escutar aqueles que elegeram Barthes como um de seus contemporâneos (Susan Sontag, Haroldo de Campos, Silviano Santiago, Ricardo Piglia, Enrique Vila-Matas, Gonçalo M. Tavares, etc.); e ainda aqueles que sem mencioná-lo ou sem ser mencionados por ele estabelecem em suas escritas um vínculo estreito com seu pensamento.
Publicamos também resenhas, traduções e textos de crítica literária de caráter experimental que tensionem os limites do gênero acadêmico. As contribuições devem ser enviadas através do site (http://www.revistas.usp.br/criacaoecritica), de acordo com as normas da revista, até o dia 28 de fevereiro de 2015.
A revista Criação e Crítica (Qualis B1) é uma publicação associada ao Departamento de Letras Modernas da Universidade de São Paulo e aceita artigos em português, francês, espanhol e inglês.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s