Programação

Colóquio Internacional Barthes Plural
23 a 26 de junho de 2015

Programação


23 de junho | Abertura do colóquio

18:00 – 19:00 | Credenciamento

19:00 | Abertura

19:20 | Conferência
Leyla Perrone-Moisés (Universidade de São Paulo)
A palavra calma

20:20 | Inauguração da Exposição Barthes Plural e Coquetel de abertura


24 de junho

Um pensamento plural

9:00 – 11:00 | Diálogos (térreo)
Mediação: Claudia Amigo Pino

Diana Knight (Nottingham University)
« Il faut choisir »: Barthes devant le pari de Pascal
Daniel Link (Universidad de Buenos Aires)
Roland Barthes: Ética y moral de las formas
Evando Nascimento (Universidade Federal de Juiz de Fora)
Da Obra ao Texto e vice-versa: Barthes com Derrida, Nancy e Blanchot

11:00 – 11:30 | Coffee break

11:30 – 13:00 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Eurídice Figueiredo

José Carlos Marques (Universidade Estadual Paulista – Bauru)
O que é o esporte? Contribuições de Huizinga e Caillois ressignificadas por Barthes
Silvia Muramoto (Universidade Estadual de Londrina)
Diálogos entre Roland Barthes e Maurice Blanchot: o grau zero da escrita em um livro por vir
Carolina Molinar Bellocchio (Universidade de São Paulo)
Rasgos na língua ou enunciação e escritura
Raquel Campos (Universidade de Brasília)
Derrida e Barthes: por entre singularidades e pluralidades

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Márcio Venício Barbosa

Max Hidalgo Nácher (Universidad de Barcelona)
Desplazamientos y transformaciones de la crítica en Roland Barthes
Gabriel Zacarias (Erasmus Mundus)
Mitologias e a nova crítica da ideologia na França
Larissa Drigo Agostinho (Universidade de São Paulo)
Barthes político: Escrever maio de 68
Andrés Gabriel Freijomil (Universidad Nacional de General Sarmiento – CONICET)
Roland Barthes y las paradojas del discurso histórico


Um fim plural

14:30 – 16:30 | Diálogos (térreo)
Mediação: Laura Brandini

Philippe Roger (École Pratique de Hautes Études en Sciences Sociales)
La vie comme texte : une tentation de Roland Barthes
Claudia Amigo Pino (Universidade de São Paulo)
A missão amorosa do romance
Marcelo Villena Alvarado (Universidad Mayor de San Andrés)
“La Chambre claire” y la tercia forma: gestos dantescos de RB

16:30 – 17:00 | Coffee break

17:00 – 18:30 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Claudia Amigo Pino

• Carla Cavalcanti e Silva (Universidade Estadual Paulista – Assis)
De Proust a Barthes: a busca pela literatura
Ana Delia Rogobete (Johns Hopkins University/ Paris 3 Sorbonne Nouvelle)
Et moi, et moi, et moi.. Roland Barthes et la construction du mythe de l’auteur en texte et photographie
Mathieu Messager (Université Sobonne Nouvelle – Paris III)
Parler à côté: les légendes de Barthes

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Eurídice Figueiredo

Piero Eyben (Universidade de Brasília)
Figura: tramas de luto e amor em Barthes
Ludimila Moreira Menezes (Universidade de Brasília)
Da nostalgia como relembramento: correspondências lutuosas entre Barthes e Derrida
Maria Clara da Silva Ramos Carneiro (UFRJ)
Luto e escritura: uma análise de A Câmara Clara
Arthur Vinícius Dantas da Silva (Universidade Federal do Rio Grande do Norte)
“Uma paixão do neutro”: relações entre neutro e subjetividade

19:00 | Barthes em cena
Leitura dramática de trechos de Improviso da Alma, de Eugène Ionesco, e de
Fragmentos de um discurso amoroso, de Roland Barthes.

Adaptação e tradução de Improviso da Alma: Viviane Araújo da Costa Pereira.
Adaptação de Fragmentos de um discurso amoroso: Teresa de Almeida.
Interpretação: Helder Mariano & Cia.


25 de junho

Um autor plural

9:00 – 11:00 | Diálogos (térreo)
Mediação: Vera Casa Nova

Andy Stafford (University of Leeds)
Petite mythologie du ‘mwa’: Roland Barthes, était-il, est-il barthésien ?
Eurídice Figueiredo (Universidade Federal Fluminense)
A morte do autor: desfazendo mitos
Márcio Venício Barbosa (Universidade Federal do Rio Grande do Norte)
O crítico diz: eu

11:00 – 11:30 | Coffee break

11:30 – 13:00 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Laura Brandini

Gisela Anauate Bergonzoni (Université de Rennes II)
Barthes e Musil, como viver junto: as “tabelas literárias” de Gonçalo M. Tavares
Samara Fernanda A. O. de Lócio e Silva Geske (Universidade de São Paulo)
“Dizer aqueles a quem amo”, reconciliando Roland Barthes e Albert Camus
Rodrigo Ielpo (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
O prazer do suicídio como performance do sujeito em Barthes
Cristiano Bedin da Costa (Centro Universitário Univates)
Roland Barthes e a anatomia palimpséstica

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Márcia Arbex-Enrico

Fabrícia Rodrigues (Universidade de Brasília)
A escritura e o teatro da memória em Roland Barthes
Luciano Bedin da Costa (Universidade Federal do Rio Grande do Sul
O biografema barthesiano como estratégia de pesquisa
Ana Maria Clark Peres (Universidade Federal de Minas Gerais)
Roland Barthes e o “autor de papel”: uma reflexão sobre as relações entre vida e obra na contemporaneidade


Uma imagem plural

14:30 – 16:30 | Diálogos (térreo)
Mediação: Márcio Venício Barbosa

Françoise Gaillard (Université Paris VII/ New York University)
“Il y a des moments où je déteste la photo”
Rodrigo Fontanari (Universidade Estadual de Campinas)
Em busca de um ‘Grau zero da imagem’: Notas barthesianas sobre a imagem cinematográfica
Thomas Clerc (Paris-Ouest Nanterre)
La chambre à moitié claire

16:30 – 17:00 | Coffee break

17:00 – 18:30 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Rodrigo Fontanari

Paulo Procopio de Araujo Ferraz (Université Paris VIII)
Les traces d’une image: alchimie et critique littéraire
Salma Soria (Universidade Veiga de Almeida)
Barthes Editor de Moda
Janeide Maia Campelo (Universidade Federal do Rio Grande do Norte)
Como ler um filme? A linguagem cinematográfica segundo Roland Barthes

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Márcio Renato Pinheiro da Silva

Valéria Berti Contessa (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Crônica poética de uma leitura
Iury Carlos Bueno (Universidade Federal do Amazonas/PUC-SP)
Sem a fome da definição: o punctum e o haicai
Priscila Pesce Lopes de Oliveira (Universidade de São Paulo)
Roland Barthes e o álbum de família

19:00 | Lançamentos
Apresentação
Leda Tenório da Motta (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Sim, Barthes gostava de cinema

Lançamentos:
Críticas suntuosas e imagens que machucam, de Leda Tenório da Motta (Iluminuras)
Roland Barthes: a aventura do romance, de Claudia Amigo Pino (7Letras)
Revista Criação & Crítica n. 14 – barthes.com.barthes


26 de junho

Uma escrita plural

9:00 – 11:00 | Diálogos (térreo)
Mediação: Eurídice Figueiredo
Márcia Arbex-Enrico (Universidade Federal de Minas Gerais)
Barthes, a escrita e a “escrição”
Vera Casa Nova (Universidade Federal de Minas Gerais)
Twombly, Barthes e Michaux: a aventura do traço
Márcio Renato Pinheiro da Silva (Universidade Federal do Rio Grande do Norte / Unicamp)
   Reversos da escrita: Roland Barthes e a poesia

11:00 – 11:30 | Coffee break

11:30 – 13:00 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Márcio Renato Pinheiro da Silva

Contador Borges (Université Paris Diderot – Paris VII)
A erótica textual de Roland Barthes
Luis Alberto Flores Lucini (Centro Universitário Ritter dos Reis – UniRitter)
Freud e Barthes – corpo e linguagem literária
Pedro Henrique Couto Torres (Universidade de Brasília)
Efeitos do real: realidade e escritura em Roland Barthes

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Vera Casa Nova

Luiza Crosman (Universidade do Estado do Rio de Janeiro)
Silêncio compartilhado – gestos de escrita e gestos de presença
Juliana Bratfisch (Universidade de São Paulo)
Pintura Presente. Uma breve incursão nos desenhos de Roland Barthes
Lucas Margarit (Universidad de Buenos Aires)
El trazo es un rumor. Las grafías y dibujos de Roland Barthes


UM outro PLURAL

14:30 – 16:00 | Diálogos (térreo)
Mediação: Márcia Arbex-Enrico

Laura Taddei Brandini (Universidade Estadual de Londrina)
Roland Barthes entre o Japão e a China
Sémir Badir (Université de Liège)
Barthes et la valeur

16:00 – 16:30 | Coffee break

16:30 – 18:00 | Conversas

Conversa 1 (térreo)
Mediação: Rodrigo Fontanari

Luis Mauro Sa Martino (Faculdade Cásper Líbero)
Contribuições de Roland Barthes à Epistemologia da Comunicação
Marcelo Santos (Universidade de Santo Amaro)
Doxa e redes sociais digitais: quando a interatividade dá lugar à interpassividade
Therence Feitosa (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Dos sentidos do objeto

Conversa 2 (1º andar)
Mediação: Laura Brandini

Maria Luiza Berwanger da Silva (Universidade Federal do Rio Grande do Sul / UNILASALLE)
Roland Barthes e as representações da Alteridade
Ester Pino Estivill (Universidad de Barcelona/Université Paris Diderot)
« Déplacer la parole, c’est faire une révolution »: Barthes, por una crítica de la periferia
Emi Koide (Universidade Federal de São Paulo
Rumores de mitologias – Barthes e a colonização

18:00 – 18:10 | Intervalo

18:10 – 20:00 | Notas musicais de Barthes

18:10 – 18:50 | Conferência de encerramento
Claude Coste (Université de Grenoble)
“Écrire une oeuvre en ut majeur”

19:00 | Encerramento do Colóquio e apresentação musical do grupo Les Serges (terraço)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s